Home page -> User area
User area
Empresas sociais vs. Instituições de caridade
Quando falamos em impacto social e missão social, vêm-nos à cabeça instituições de caridade mundialmente famosas. Existe uma linha – por vezes estreita - que separa as instituições de caridade das ES.
Relativamente à missão social/ambiental, existe uma raiz comum entre as ES e as Instituições de caridade;
algumas instituições de caridade podem mesmo decidir tornar-se numa ES, a fim de criar um maior impacto na sua área de atividade.

Um bom exemplo disto é o The Empowerment Plan, um projeto sediado em Detroit que contrata mulheres sem-abrigo para se tornarem costureiras a tempo inteiro.
As mulheres fazem um casaco que também pode ser utilizado como saco-cama; este é oferecido a pessoas sem-abrigo. Esta iniciativa é suportada financeiramente pelos bilionários Sara Blakely, Dan Gilbert, bem como pela cantora Madonna.
A fim de criar um maior impacto, os fundadores adicionaram, a esta oferta, produtos que geram lucro.

Perguntas para você
Consegue pensar num problema social/ambiental existente no seu bairro/cidade?
Que tipo de organização é que acha que poderia enfrentar melhor esse problema? Uma ES ou uma instituição de caridade? Porquê?

Exercícios / Ferramentas
Oiça Ernesto Sirolli, um homem que teve uma longa experiência no trabalho com instituições de caridade e que decidiu criar uma rede de facilitadores online para ES, em vez de criar uma instituição de caridade, para ter um maior impacto no terceiro mundo:




Recursos úteis





















|
|
|
|
|
|